iPod

domingo, agosto 2

Tesouros

imagem MB
Sempre que a reorganização do espaço da M. é mais profunda, o que acontece com alguma frequência - porque a teoria das limpezas anuais sempre me deixou de cabelos em pé - é fácil descobrir tesouros que, aqui e além, ela vai guardando e esquecendo, em gavetas, blocos ou malas.
Entre o muito que elimino, para dar mais espaço à sua abundante produção criativa, há muito e muito que guardo. E tenho quase a certeza de que, um dia, irá achar graça ao facto de se poder reencontrar com uma boa parte da sua história.
Dos tesouros hoje encontrados e recuperados, não posso deixar de partilhar um em particular.
Dentro de um pequeno envelope da Kitty, onde se lê:
Para: M.
De: C.*
numa folha igualmente pequena da mesma personagem, está escrito:
(e passo a reproduzir ipsis verbis)
O Sol iluminate
Porque és linda
e ele só ilumina
pessoas como tu
Sorri, porque sei o quanto isto é verdade. A M. tem um Sol só dela, é uma menina luminosa e iluminada. Basta ver o seu sorriso. Mas o que mais me impressionou foi a sensibilidade de uma outra menina de dez anos, a sua capacidade de sentir e, melhor ainda, a sua vontade de o transmitir.
Que bom seria que fossemos sempre assim, capazes de dizer aos outros o quanto os amamos ou admiramos. Mas a verdade é que, desde logo em crianças, esse é um hábito raro, talvez por ser pouco estimulado. Por acção ou por omissão.
Por mim, só me posso sentir uma privilegiada por conhecer duas meninas assim.
Obrigada por terem tornado, sem sequer o imaginar, este meu dia num dia melhor.
*uma das suas melhores amigas

1 comentário:

  1. a amizade pura e genuína imbuida de poesia é de facto linda e mágica!!!

    bj e boa semana para ambas ;)

    ResponderEliminar

O teu raio de sol...

Blog Widget by LinkWithin